Cose + Burda – Blusinha de Verão!

Pouco tempo depois de começar a costurar, comecei a comprar a revista Burda mas, até fazer a primeira peça de roupa ainda demorou algum tempo. A verdade é que me sentia atraída pelos modelos giros e actuais mas, ao mesmo tempo, sentia-me intimidada! Tantos moldes numa só folha, instruções que me pareciam algo complexas… Até que numa edição eu gostei mesmo muito de um molde e como queria imenso fazer aquele vestido para uma das minhas filhas, resolvi experimentar! Depois desse vestido, já fiz outras peças para as minhas filhas e acabei por perder o receio […]

Mais uma sugestão para ti, desta vez em malha!

No seguimento do meu primeiro artigo sobre moldes para quem quer começar a costurar para si própria, hoje quero apresentar-vos mais um molde que considero óptimo, a Linden de Grainline Studio. Continua a ser um molde simples, sem ser justo ou com técnicas complicadas, mas com um novo desafio… é em malha! No entanto, tenho a certeza que quem tinha receio de trabalhar com malhas, depois dos artigos da Diana, ficou com imensa vontade de experimentar. Acertei? 🙂 Eu comecei a trabalhar com malhas há aproximadamente um ano e para mim foi um desafio, porque tinha […]

Exposição Liberty in Fashion

A loja Liberty London é, sem dúvida, um dos ícones da cidade, sendo, desde a sua origem, um símbolo de moda, exclusividade e qualidade, mas para quem gosta de costura é mais do que isso. A sua colecção de tecidos, com padrões exclusivos e de alta qualidade, é bastante apreciada por quem gosta de costurar e eu, confesso, sou fã. Até 28 de Fevereiro de 2016, está a decorrer uma exposição no Fashion and Textile Museum, em Londres, com o tema Liberty in Fashion, a qual fui recentemente visitar e vou partilhar com vocês.   A […]

Queres começar a costurar para ti?

Se, como eu, queres começar a costurar para ti mas não sabes bem por onde começar, espero que esta selecção de moldes que vamos propor te dê a motivação, inspiração ou o pequeno empurrão de que precisavas. Quando comecei a costurar para as minhas filhas, jamais imaginei costurar para mim própria, por achar que seria demasiado complexo. A verdade é que é mesmo mais complexo, afinal o corpo de mulher tem mais formas, o que faz com que o número de variáveis aumente, mas isso não significa que seja tarefa impossível. Acho até que pode trazer […]