Cose + Inspiração

Aqui que ninguém nos ouve, aquilo que mais gozo me dá no facto de saber costurar, é entrar numa loja de pronto-a-vestir, ver algo que gosto e saber que posso fazer muito semelhante.

Há uns meses atrás, vi um macacão numa das lojas de uma cadeia fast-fashion bastante conhecida. Gostei muito do modelo e pensei logo que moldes poderia usar para fazer um ao meu gosto.

1639167507_1_1_1

Fonte da imagem

Combinei dois moldes da Named Clothing, o Inari Tee Dress e as Alexandria Peg Trousers.

img_13102016_093517

Para combinar estes dois moldes, fiz algumas alterações. Usei o cós das calças para fazer a junção com o top. Para isso dupliquei a altura do mesmo.

Na parte de trás apliquei um fecho para poder vestir e despir facilmente, visto o molde original do top não ter essa opção. Acrescentei 1cm de valor de costura, onde iria cortar na dobra do tecido, e cortei duas peças simétricas.

img_13102016_093550

Sou fã deste tipo de peças! São práticas para o dia-a-dia e andamos sempre compostas. Com diferentes acessórios, podemos obter um look mais formal ou descontraído.

img_13102016_093123

Tirando o cinto, temos uma peça mais desportiva!

img_13102016_093225

Para dar um toque especial e torná-lo ainda mais pessoal, acrescentei um bordado na frente.

img_13102016_093723

O tecido escolhido foi uma popeline comprada na The Sweet Mercerie. É um tecido tipo camiseiro, com uma gramagem baixa, por isso mais indicado para o verão. Este modelo também resultaria com uma ganga fina ou sarja de algodão.

Esta é uma forma diferente de olharmos para os moldes que temos, como podemos alterá-los ou combiná-los para criar algo que vai ao encontro do que imaginamos.

Os moldes PDF, são uma fonte de aprendizagem valiosa! O facto de terem um custo mais baixo na sua produção, faz com que muitas designers independentes optem por incluir vários modelos no mesmo molde. Isto permite-nos perceber um pouco melhor como podemos transformar uma camisola num vestido, por exemplo. Aos poucos vamos-nos sentido mais confiantes e gradualmente começamos a experimentar, a manipular, criando algo ao nosso gosto e medida.

Espero que se sintam inspiradas! Partilhem as vossas criações com o #cosemais.

 

 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *