Queres começar a costurar para ti?

Se, como eu, queres começar a costurar para ti mas não sabes bem por onde começar, espero que esta selecção de moldes que vamos propor te dê a motivação, inspiração ou o pequeno empurrão de que precisavas. Quando comecei a costurar para as minhas filhas, jamais imaginei costurar para mim própria, por achar que seria demasiado complexo. A verdade é que é mesmo mais complexo, afinal o corpo de mulher tem mais formas, o que faz com que o número de variáveis aumente, mas isso não significa que seja tarefa impossível. Acho até que pode trazer uma boa dose de desafios. 🙂 Ao planear qual o primeiro molde que faria para mim própria, tive em conta os seguintes pontos:

  • Nada de muito complexo. Queria algo simples, que achasse que iria conseguir realizar e não desmotivar-me;
  • Algo que, caso fosse necessário usar tamanhos diferentes, como por exemplo, um tamanho para o peito e outro para a anca, fosse fácil de realizar essa alteração;
  • Nada que fosse justo. Isso implicaria ajustes, pinças e outras técnicas para as quais ainda não me sentia preparada.

Pelos motivos mencionados, decidi usar um molde realmente simples, mas que sabia que iria usar bastante. Afinal, se não for para usar e muito o que costuramos, não tem piada, certo? Com base em todos os motivos mencionados, o primeiro molde que usei para mim foi o Basic Top da Cali Faye. Este molde está disponível do tamanho XXS ao XXL e eu fiz o XS baseando-me nas medidas do peito, sem ter feito qualquer alteração. O facto de ser uma peça básica não significa que seja algo “chato”, antes pelo contrário, uma vez que permite brincar com os tecidos ou mesmo usar como ponto de partida para personalizar e tornar o molde bastante versátil. Nesta versão usei um tecido bordado inglês em algodão que comprei numa loja em Tomar, durante as férias de Verão, e uma gaze de cor coral que comprei aqui, o que me permitiu obter um efeito que gosto bastante. Confesso que apesar de gostar mesmo muito desta cor, a verdade é que não me fica bem e desta forma já a consigo usar.

MJ_BasicTop_007

Esta não é a primeira versão que faço deste molde e na primeira versão também usei tecidos diferentes, mas desta vez na frente e nas costas. Fica mais um exemplo de como podem usar este molde. 😉

MJ_BasicTop_008

O que mais gosto neste molde é a sua versatilidade, uma vez que tanto fica bem num tecido estampado como liso e com acessórios giros, com saltos ou de ténis, ou seja, sei que vou usar mesmo muito e nada mais gratificante do que usarmos algo feito por nós. Assim fica a sugestão, ganha coragem e faz algo para ti, mesmo que seja simples, aposto que depois não vais querer ficar por aí. 😉

11 thoughts on “Queres começar a costurar para ti?

    • Fico muito contente que te tenha inspirado. 🙂 Boas costuras e não te esqueças de partilhar connosco o que fizeres. 😉

    • Eunice, experimenta sim! Vais ver que não te vais arrepender. 😉 Não te esqueças de partilhar o que fizeres, nós vamos gostar de ver. 🙂

  1. O meu dilema é quando olho para a maquina de costura que nao sei por onde começar.
    Sendo que comprei a máquina do Ikea para começar a brincar e considero a muito prática e boa contudo não sei como começar.
    Conhecem workshops ou alguém que nos ensine em casa o básico?

    • Ana, podes sempre começar por algo mais simples, até conheceres melhor a máquina, e depois então passar para uma peça de roupa, mas os workshops são uma óptima opção. No separador +notícias (+eventos) apresentamos alguns workshops que vão decorrer brevemente. 🙂

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *